Posts Tagged ‘ativistas’

Greenpeace escala torre de usina nuclear espanhola

16/02/2011

 

DA EFE

Ativistas da organização ambientalista Greenpeace escalaram nesta terça-feira o alto de uma das torres de refrigeração da usina nuclear de Cofrentes para reivindicar o fechamento da instalação, situada na província de Valência, no leste mediterrâneo da Espanha. Um vigilante de segurança da central ficou levemente ferido.

Os ecologistas escreveram a palavra "Perigo" na torre que escalaram após chegarem à usina nuclear no começo da manhã, segundo informou a empresa da central, a companhia elétrica Iberdrola.

Greenpeace/Reuters

Ativista segura banner que pede fechamento de usina; Greenpeace queria denunciar falta de segurança

Ativista segura banner que pede fechamento de usina; Greenpeace queria denunciar falta de segurança

Segundo relata a organização ambientalista em seu site, os oito ativistas que subiram a torre de refrigeração montaram um pequeno acampamento com lonas para se refugiar da chuva enquanto tentavam completar a escrita do termo "nuclear".

A direção da usina nuclear decidiu declarar "alerta de emergência", de acordo com seu Plano de Emergência Interior.

Em comunicado, o Conselho de Segurança Nuclear (CSN) da Espanha informou que ativou sua organização de resposta a emergências, que implica a constituição de sua sala de emergências e a manutenção de uma contínua comunicação da mesma com o Centro de Coordenação Operacional da Subdelegação do Governo de Valência.

Os ecologistas pretendiam denunciar o que consideram falta de segurança da central, que entrou em funcionamento em 1984 e cuja autorização de exploração está pendente em um relatório do Conselho de Segurança Nuclear e necessita de uma posterior decisão do Ministério de Indústria, Turismo e Comércio.

http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/875967-greenpeace-escala-torre-de-usina-nuclear-espanhola.shtml

Anúncios

[Itália] Ativistas antinucleares interrompem evento a favor da energia nuclear

19/11/2010

 Enviado a 27 Out 2010, 

Agência de Notícias Anarquistas, A.N.A em EcologiaMovimentos sociais rotulado com A.N.AACÇÃO 

Hoje (25), na biblioteca pública Berio, na cidade de Gênova, estava agendada a apresentação do livro “Retorno à energia nuclear? Itália, energia, meio ambiente”, opúsculo de propaganda a favor da energia nuclear escrito por Chicco Testa. Na sala se encontrava o autor, o mediador e um público não muito numeroso para ouvir o ex-presidente da Legambiente e ex-presidente do Conselho de Administração da Enel. Depois de alguns poucos minutos da exposição do livro, um nutrido grupo de ativistas antinucleares, aos gritos, invadiram e ocuparam a sala com uma faixa para impedir o evento. Em seguida, após uma discussão acalorada com os entusiastas e defensores da morte nuclear, o mediador do encontro e os funcionários da biblioteca, Chicco Testa foi escoltado, pegou seu casaco e saiu fora. “Será que ele pensa que pode apresentar seu livro em paz? Será que ele pensa que pode fazer propaganda da energia nuclear sem qualquer oposição? Fomos, sim, confrontar a todos os interessados em investir nas usinas nucleares e bombas atômicas. A nossa oposição à energia nuclear é clara e radical, e nós certamente não precisamos discutir com alguém como Chicco Testa sobre como e o porquê da energia nuclear”, disse um ativista. agência de notícias anarquistas-ana som alto vento na varanda a samambaia samba Alice Ruiz

Alarmante: activistas entram em base nuclear belga

21/10/2010

Activistas do movimento Vredesactie entraram ilegalmente na base aérea de Kleine Brogel (KB), na Bélgica, e conseguiram chegar a um bunker que abriga armas nucleares. A informação foi ontem revelada num comunicado daquele movimento que publicou no seu site internet imagens do interior da base para “protestar e alertar para a falta de segurança das instalações”. Um vídeo, efectuado no interior de Kleine Brogel, encontra-se igualmente disponível.
Os activistas do Vredesactie, uma associação que milita pela paz, conseguiram inspeccionar sem serem incomodados a maioria dos 26 hangares utilizados por três esquadrilhas belgas de F-16 Falcon e onde se encontram sistemas WS3.
Kleine Broegel é igualmente utilizada pelo 701° Munitions Support Squadron da USAF, a força aérea norte-americana.
“O bunker onde se encontram as armas nucleares é subterrâneo. Mas depois de termos consultado o painel de controlo dentro do hangar, sabemos que o bunker está ali e que ele continua a ser utilizado”, explicou Hans Lammerant do movimento Vredesactie sublinhando que os activistas só não entraram “porque havia um sistema de alarme”.
“Senhor Presidente (Barack Obama) estime-se feliz porque somos pacifistas”, avisam os responsáveis do Vredesactie.
De acordo com os activistas, a falta de segurança das instalações, à primeira vista, “não significa que se pode roubar uma arma nuclear sem ser visto” mas que esta incursão – a primeira no mundo numa base onde se encontram armas nucleares – revela que “as armas nucleares e os soldados que nelas trabalham são vulneráveis a ataques com armas pequenas, RPG’s ou explosivos”.
“Um ataque terrorista que vise destruir as armas nucleares ou assumir o controlo delas,” é possível, conclui o comunicado dos activistas.

“Nuclear Terrorism : proof of concept” o video de Kleine Brogel

 

Fonte : http://www.duartelevy.eu/?p=2879