Greenpeace escala torre de usina nuclear espanhola

by

 

DA EFE

Ativistas da organização ambientalista Greenpeace escalaram nesta terça-feira o alto de uma das torres de refrigeração da usina nuclear de Cofrentes para reivindicar o fechamento da instalação, situada na província de Valência, no leste mediterrâneo da Espanha. Um vigilante de segurança da central ficou levemente ferido.

Os ecologistas escreveram a palavra "Perigo" na torre que escalaram após chegarem à usina nuclear no começo da manhã, segundo informou a empresa da central, a companhia elétrica Iberdrola.

Greenpeace/Reuters

Ativista segura banner que pede fechamento de usina; Greenpeace queria denunciar falta de segurança

Ativista segura banner que pede fechamento de usina; Greenpeace queria denunciar falta de segurança

Segundo relata a organização ambientalista em seu site, os oito ativistas que subiram a torre de refrigeração montaram um pequeno acampamento com lonas para se refugiar da chuva enquanto tentavam completar a escrita do termo "nuclear".

A direção da usina nuclear decidiu declarar "alerta de emergência", de acordo com seu Plano de Emergência Interior.

Em comunicado, o Conselho de Segurança Nuclear (CSN) da Espanha informou que ativou sua organização de resposta a emergências, que implica a constituição de sua sala de emergências e a manutenção de uma contínua comunicação da mesma com o Centro de Coordenação Operacional da Subdelegação do Governo de Valência.

Os ecologistas pretendiam denunciar o que consideram falta de segurança da central, que entrou em funcionamento em 1984 e cuja autorização de exploração está pendente em um relatório do Conselho de Segurança Nuclear e necessita de uma posterior decisão do Ministério de Indústria, Turismo e Comércio.

http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/875967-greenpeace-escala-torre-de-usina-nuclear-espanhola.shtml

Anúncios

Tags: , , ,

Uma resposta to “Greenpeace escala torre de usina nuclear espanhola”

  1. uranium film festival Says:

    Temos Fukushima, temos um governo Brasileiro que quer fazer até 50 novas usinas nucleares no Brasil, temos mineração radioativa de urânio na Bahia e daqui há pouco mais uma mineração de urânio no Ceará (Santa Quiteria) e possivelmente também uma grande mina de Urânio em São José de Espinharas, na Paraiba…

    PRESS RELEASE, 24/03/2011

    URÂNIO EM MOVI(E)MENTO

    1º FESTIVAL INTERNACIONAL DE FILMES SOBRE ENERGIA NUCLEAR

    RIO DE JANEIRO 21 A 28 MAIO 2011

    Urânio em Movi(e)mento, o 1º Festival Internacional de Filmes sobre Energia Nuclear, convida a imprensa para seus eventos no Rio de Janeiro, nos dias 21 a 28 de Maio de 2011. O festival acontecerá em dois centros culturais históricos do Rio de Janeiro, Parque das Ruínas e Laurinda Santos Lobo, ambos em Santa Teresa. Com entrada franca.

    Foram selecionados 15 documentários e filmes de longa metragem e 19 de curta metragem: 7 filmes dos EUA, 5 do Brasil, 5 da Alemanha, 4 da Austrália, 3 da França, 2 da África do Sul, 1 da Costa Rica, 1 da Suécia, 1 da Rússia, 1 da Índia, 1 da Dinamarca, 1 da Geórgia/Holanda, 1 do Canadá e 1 do Reino Unido.

    O Festival vai exibir 18 premières latino-americanas e 2 premières mundiais. Os filmes mostram o mundo nuclear e os riscos nucleares. Desde a mineração de urânio às usinas nucleares, do transporte do lixo radioativo (Castor) aos acidentes com navios nucleares, de Chernobyl e ao acidente com o Césio 137 em Goiânia; de Hiroshima ao escândalo da munição radioativa dos Estados Unidos nas guerras no Iraque.

    Será um festival de revelações como: “A Bomba Suja do Pentágono”, do diretor costa riquenho Pablo Ortega e a produção alemã “Der Uranberg”, sobre a história da mineração de urânio na Alemanha Oriental para a fabricação da bomba atômica soviética. Importante para a discussão atual sobre a segurança das usinas nucleares vai ser o filme “Pedra Podre”, que fala sobre as problemas das usinas nucleares Angra 1 e 2, no Sul do Rio de Janeiro.

    O Festival contará com uma exposição fotográfica, durante todo o mês de Maio, no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, sobre o acidente com o Césio 137 em Goiânia, em 1987, o maior acidente nuclear da América Latina. E uma exposição, no Centro Cultural Parque das Ruínas, com a coleção de cartazes do movimento mundial anti-nuclear, organizada pela Fundação Laka (Holanda).

    “No começo de 2010, quando nós planejamos o Festival, pensamos sobre o acidente nuclear de Goiânia de 1987, e sobre o desastre de Chernobyl, em 1986. Nós não imaginávamos que 25 anos depois de Chernobyl iria acontecer Fukushima”, fala o Diretor do Festival Norbert Suchanek.

    Depois do Rio de Janeiro, o 1º Festival de Filmes sobre Energia Nuclear viajará para São Paulo (3 a 5 de junho) e para as cidades de Recife, Natal, João Pessoa e Fortaleza (agosto). Em setembro, o Festival chegará à Salvador, a capital da Bahia, o Estado que recebeu a segunda mineração de urânio no Brasil, em Caetité/Lagoa Real.

    Gratos pela atenção

    Nos encontramos em maio em Santa Teresa

    Marcia Gomes de Oliveira

    Coordenadora

    1º Festival Internacional de Filmes sobre Energia Nuclear

    Para maiores informações, por favor entre em contato:

    URÂNIO EM MOVI(E)MENTO

    Telefone: 0055-21-2507 6704
    info@uraniumfilmfestival.org
    http://www.uraniumfilmfestival.org

    Rua Monte Alegre 356/ 301
    Santa Teresa
    Rio de Janeiro / RJ
    CEP 20240-190

    URÂNIO EM MOVI(E)MENTO / Uranium Film Festival
    é um projeto em cooperação com a Ong Baobá – http://www.ongbaoba.org

    Principais apoios e parceiros:

    Heinrich Boell Foundation Rio de Janeiro
    WISE World Information Service on Energy Amsterdam
    Laka Foundation Amsterdam
    AG uranium-network.org Freiburg
    Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch Rio de Janeiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: