Renuclear – festejando com nosso dinheiro e nossa segurança

by

 

A aliança entre o atual governo e o setor nuclear se fortalece cada vez mais, publicando essa semana uma lei de incentivos fiscais para usinas nucleares, chamada Renuclear, enquanto outros países no mundo mostram que é mais seguro, barato e ecológico desistir dessa tecnologia.

A verdade é que como promovedor de grandes obras, o setor nuclear é um setor estratégico para qualquer político. Dar incentivos fiscais para obras estruturais de usinas, além de garantir contratos milionários ou até bilionários para as grandes empreiteiras com a aprovação das grandes obras, significa uma obesidade mais do que mórbida para as contas de tais empresas, que já passaram há muito do sobrepeso. Esse dinheiro, outrora do contribuinte e então mudado de conta, pode ser investido como eles bem quiserem, como por exemplo, em campanhas eleitorais.

Incentivos fiscais não fazem sentido no setor nuclear, sendo este operado por empresas estatais. O fato de que empresas privadas que participem da construção deixarão de pagar impostos, não favorece os contribuintes, uma vez que os cofres públicos deixarão de arrecadar tais impostos. Favorecido será o lobby nuclear, que tentará apresentar os reatores como mais competitivos economicamente, às custas dos cofres públicos. Mas não se iludam: Nem com esse presente as usinas serão competitivas economicamente. O Renuclear é apenas de mais uma manobra política, que favorece o lobby nuclear e o setor de infraestrutura – onde todos podem ganhar.

Na contramão das tendências globais, esses interesses políticos fortalecem o setor nuclear, às custas da insegurança e do dinheiro públicos. O contribuinte pagará energia mais cara e com diversos aspectos perigosos, sem saber exatamente o porquê.

Se colocarmos os melhores e mais responsáveis especialistas em energia elétrica brasileiros para fazerem um painel de expansão da matriz energética do país que leve em consideração segurança, modicidade tarifária, meio ambiente, geração de emprego e renda, podem ter certeza, assim como estão decidindo grandes países, os brasileiros terão um futuro livre da energia nuclear.

O que precisa ficar claro é que a expansão nuclear não é para nós cidadãos.

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: