MP veta ampliação de depósito

by

 

Lyniker Passos

A possibilidade da ampliação do depósito nuclear de Abadia de Goiânia, para receber o lixo nuclear produzido pelas usinas nucleares de Angra 1 e Angra 2, no Rio de Janeiro, foi motivo ontem de reunião no Ministério Público (MP-GO). O órgão se posicionou contrário à possibilidade já cogitada pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen). A notícia publicada em primeira mão pelo O HOJE, na edição do dia 28 de abril, causou comoção pública – dois manifestos populacionais já foram feitos. O primeiro em Goiânia e outro na própria cidade que acolheu os rejeitos do acidente nuclear da capital, conhecido como Césio 137, que aconteceu em 1987.

A Constituição Estadual, que, em seu artigo 131, veta a instalação de usinas nucleares em Goiás, é um dos principais motivos para a inviabilidade da transferência do lixo nuclear do Rio de Janeiro para o Estado. “A lei proibe a produção e, portanto, também o recebimento desse material”, disse o coordenador do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente, Jales Mendonça. Além disso, o promotor também levou em consideração o repúdio da população de Goiás, principalmente pelo fato de o assunto relembrar o trágico acidente nuclear que aconteceu há 23 anos. “A população é contrária e, consequentemente, o MP também.”

O coordenador do Centro Regional de Ciências Nucleares do Centro-Oeste (Cnen), Leonardo Lages, apontou que existe a possibilidade de outros três Estados receberem os rejeitos nucleares das usinas. São eles: Rio, São Paulo e Belo Horizonte. Os critérios utilizados para a escolha são: distância geográfica das usinas, aspectos geomorfológicos, econômicos, social e a competência em especialista e estudos ambientais. Abadia se destaca nos dois últimos requisitos, pelo fato de a cidade já acomodar rejeitos radiológicos e possuir plano de monitoração ambiental. Lages garantiu que em 12 meses o local que receberá o material nuclear será definido. 

Os municípios que se candidatarem para receber o lixo radioativo terão de fazer inscrição em processo de seleção. “As cidades interessadas serão obrigadas a aderir ao processo.” Lages disse que os estudos ainda não estão avançados ao ponto de divulgar medidas compensatórias, royalties ou recursos que serão destinados aos municípios escolhidos. Também existe a possibilidade de ser feito mais de um depósito definitivo no País. “Acho que estamos em momento de discussão sem profundidade. Importante é trazer as informações corretas para a opinião pública.”

O coordenador da Cnen exemplifica citando o exemplo de outros países como a Hungria, onde 30 municípios se candidataram para receber o lixo nuclear. Para ele, a boa aceitação é uma questão de conscientização e de informação com relação às vantagens e desvantagens. “Os riscos existem em casos de fortes terremotos.” Ele avalia que a população goiana ainda é muito traumatizada com relação ao acidente do Césio. “Este não é um momento de preocupação, as pessoas já estão se posicionando com relação a um assunto ainda indefinido.” O depósito definitivo para armazenar lixo nuclear deve ser construído até 2018. 

http://www.ohoje.com.br/cidades/02-06-2011-mp-veta-ampliacao-de-deposito/

Anúncios

Tags:

Uma resposta to “MP veta ampliação de depósito”

  1. milah2 Says:

    é uma falta de respeito com nossa cidade e a população. Goiânia, já sofreu com descaso publico na época do césio, que o governo soh foi anunciar que pessoas foram expostas a radiação quando jah estavam morrendo.
    se existe um deposito em abadia é pq foi um problema local, agora uma usina nuclear que nao vai gerar energia necessaria, não é energia limpa e esta longe daki, kerem deixar q vire nosso problema?? o engraçado eh q quando o governo federal kis dividir o dinheiro do pré-sal pra todos os estados o rj foi um dos que mais foi contra, agora ker jogar pra gente esse problema, pra contaminar nossa terra e deixar todos aki em perigo??
    é engraçado como ninguem sugere colokar no norte do pais, onde fika a amazonia, lah sempre fika intocavel, mas agropecuaria, desmatamento, queima e lixo nuclear é permitido no cerrado..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: