Curta–Ilha do Jacó

by

O curta expõe a brutalidade e a indiferença dos grandes projetos de desenvolvimento da Amazônia em relação às comunidades locais, focando sua atenção numa ilha do Rio Madeira (RO) que está sendo destruída por uma hidrelétrica em construção.

“Apesar dos índices de derrubada da floresta Amazônica continuarem aumentando e o mundo todo estar cada vez mais preocupado com os impactos dessa devastação sobre as mudanças do clima, o atual governo insiste na concretização de um modelo de desenvolvimento baseado em mega-projetos de infra-estrutura que pretende, dentre outras ações, represar os mais importantes rios da Amazônia.

Ao contrário do que se divulga, as hidrelétricas não são fontes de energia limpa. Além de contribuírem para o aumento da devastação, através de sua própria construção, do alagamento de grandes áreas e da conseqüente migração, estudos comprovam que as usinas hidrelétricas são grandes emissoras de CO2 na atmosfera.

O caso do Complexo Hidrelétrico do Rio Madeira explicita inúmeras razões e argumentos científicos e de cunho social e ambiental que justificam um posicionamento contrário a este modelo. Ele aumenta as desigualdades, beneficiando alguns poucos gigantes grupos econômicos enquanto desconsidera a saúde e o bem-estar das populações tradicionais que dependem do rio para a própria sobrevivência. Trata-se de um exemplo emblemático da clara determinação do governo e do setor industrial de implantar este modelo predatório a qualquer custo.

(…) É essencial questionar e incidir no modo como o “desenvolvimento” vem sendo efetivado no Brasil e, particularmente, na Amazônia.”

trecho extraído do brilhante livro “Águas Turvas alertas sobre as conseqüências de barrar o maior afluente do Amazonas”, de autoria de Glenn Switkes e edição de Patrícia Bonilha.

PARA SABER MAIS:

. Movimentos populares organizados contra a instalação do Complexo Madeira (este filme só foi possível graças a ajuda deles):

http://www.mabnacional.org.br/

http://www.riomadeiravivo.org/    

. Vale a pena dar uma olhada no mapa interativo de hidrelétricas na Amazônia:
http://www.dams-info.org/pt

. O Complexo Madeira é uma obra prevista nos acordos da IIRSA. Nunca ouviu falar?
http://www.iirsa.org
. Para um estudo aprofundado sobre o caso, o Livro citado no artigo encontra-se publicado online no site da International Rivers:

http://www.internationalrivers.org/am%C3%A9rica-latina/os-rios-da-amaz%C3%B4nia/rio-madeira/%C3%A1guas-turvas-alertas-sobre-conseq%C3%BC%C3%AAncias-de-barrar-o-

. Um site especializado no tema (em espanhol):
http://www.infraest-energ-sudamerica.org/

. Ou pesquise você mesmo:

www.google.com.br

 

Do blog ZUM : http://blog-zum.blogspot.com/2010/12/ilha-do-jaco.html

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: