A Eletrobras Eletronuclear já renegociou os contratos…

by

A Eletrobras Eletronuclear já renegociou os contratos de fornecimento de equipamentos que poderiam comprometer o cronograma das obras civis da futura usina nuclear Angra 3. A Confab fará a contenção de aço do prédio do reator. As paredes de concreto do prédio vão subindo à medida que essa contenção de aço é instalada.

A Bardella fornecerá a ponte rolante circular que ficará dentro desse prédio. A mesma indústria construirá o pórtico da entrada que movimentará materiais de fora para o interior da usina (e vice-versa) depois que o prédio do reator estiver pronto.

A construção de Angra 3 envolve 30 contratos, a maioria em fase final de renegociação.

Este mês provavelmente sairá a licitação para escolha das empresas que montarão os equipamentos da usina. Em 2015, Angra 3 vai gerar 1.350 megawatts, o equivalente a um quarto da energia consumida em um estado como o Rio de Janeiro.

Geroge Vidor

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: