Geração térmica sobe 50% e elevará tarifa

by

Governo aciona usinas para poupar água de reservatórios, que têm nível mais baixo para esta época do ano desde 2003

Para especialistas, problema não é a possibilidade de falta de energia, e sim o encarecimento da conta

HUMBERTO MEDINA
DE BRASÍLIA

O país gerou cerca de 50% mais energia de usinas termelétricas em junho em relação ao mesmo mês de 2009. O objetivo é poupar água nos reservatórios das usinas hidrelétricas, que estão em seu nível mais baixo para esta época do ano desde 2003.
O uso desse tipo de usina se acentuou nos cinco primeiros dias deste mês -alta de 80% em relação aos mesmo período de 2009. A energia das termelétricas representou 5,6% da média diária de geração total em junho de 2009 e 7,8% no mês passado.
As termelétricas são acionadas para evitar que os reservatórios das hidrelétricas fiquem baixos demais e, com isso, cresça o risco de racionamento. Especialistas ouvidos pela Folha dizem que o problema não é a possibilidade de falta de energia no curto ou no médio prazos, e sim o encarecimento da tarifa.
As termelétricas geram energia queimando gás natural ou óleo (diesel ou combustível) -ambos mais caros e poluentes que as hidrelétricas. Essas usinas são acionadas em duas circunstâncias:
1) automaticamente, quando o preço da sua energia fica menor que o das hidrelétricas (isso acontece quando chove pouco e os reservatórios estão baixos);
2) por decisão do governo, para poupar água.
No segundo caso, que é o que está acontecendo agora, o uso das termelétricas gera um custo para o consumidor, que é repassado para a tarifa no momento do reajuste anual de cada distribuidora.
No caso da Eletropaulo, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) estima que os consumidores terão de arcar com ônus de R$ 219 milhões nos próximos 12 meses por conta das termelétricas.
Esse valor foi incluído no cálculo da tarifa. Somando todos os reajustes concedidos neste ano, o valor total passa de R$ 570 milhões.
“Há uma conjunção de fatores: aumento da demanda, por conta da retomada da economia, e um regime hidrológico [quantidade de chuvas] pior”, disse o professor Luiz Pinguelli Rosa, diretor da Coppe/UFRJ e ex-presidente da Eletrobras.

USINAS ONEROSAS
“Os reservatórios não estão em nível crítico, mas as termelétricas são acionadas para evitar que isso aconteça. O problema é que a tarifa já é alta demais e essas usinas são onerosas”, disse.
Para Carlos Augusto Ramos Kirchner, diretor-executivo do Ilumina (Instituto de Desenvolvimento Estratégico do Setor Elétrico), o aumento do uso das termelétricas está relacionado ao “apagão” de novembro, quando 18 Estados ficaram sem luz por conta da interrupção do fornecimento de Itaipu.
“Depois disso, sempre que há mau tempo, na região, a quantidade de energia que é transmitida de Itaipu para o resto do país diminui.”

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: