Você sabe o que é descomissionamento?

by

É o processo de desmantelamento que toda usina nuclear deve passar depois de sua vida útil – que pode ser de até 40 anos. Esse processo consiste em regenerar as condições naturais antes da instalação do reator. O problema é que: nenhum reator comercial foi completamente descomissionado até hoje. Não se sabe ao certo como proceder e os reais custos do processo.
 
O descomissionamento, “sepultamento” de uma usina (que não morre nunca pois o lixo por ela gerado e no qual ela se tornará após esse processo, permanecerá perigoso demandando gastos e atenção por centenas de milhares de anos!), traz uma série de impactos de ordem econômica, social e ambiental, que tem que ser bem consideradas durante o processo de desmantelamento.
 
ONGs russas criaram o site http://decomatom.org/ , para agregar mais clareza e discussão à temática do descomissionamento. Vale a pena conferir!
 
Como podem ver, apostar em nuclear é pagar para entrar num túnel sem saída.

Anúncios

Tags: ,

6 Respostas to “Você sabe o que é descomissionamento?”

  1. vagner da silva Says:

    matéria de grande relevância para o estudo dos profissionais da área de radiologia

  2. Daniel Filipe Says:

    A usina de Three Miles Island onde houve o acidente foi descomissionada. A usina em anexo ainda não, tem licença para mais 20 anos, até 2030 se não me engano. O termo correto é rejeito nuclear pois ele ainda tem 90% da energia de quando foi produzido. Ele está sendo guardado para que as novas tecnologias permitam sua reciclagem. Hoje isso já é feito mas ainda é pouco e caro.

  3. Marina de Macêdo Says:

    Caro André….
    entendo que a proposta para escrever tal conceito, seja partindo de usinas nucleares.Porém gostaria de esclarecer que o termo “descomissionamento” pode ser utilizado em qualquer processo de fechamento de uma indústria. Seja ela nuclear, metalúrgica ou de mineração.Todas as considerações e estudos a serem feitos nessa fase, em qualquer área de atuação das empresas, é de suma importância para o meio ambiente, consequentemente para todos nós!
    Bom, só para maior clareza de idéias!!!!

  4. Adam Says:

    Caro amigos.
    O uso irracional da energia nuclear é realmente bastante perigoso, mas qual fonte enérgica não o é? Termoelétricas podem explodir, barragem de hidrelétricas podem romper destruído cidade inteiras a jusante, fora o custo de carbono que abas tem.
    Os radioisótopos usados em geradores nucleares já existem na natureza, eles só são purificados/enriquecidos para serem usados em usinas, que consiste em retira de uma amostra radioativa natural outros isótopos não radioativos, ou economicamente/energeticamente menos interessantes.
    Então esse medo de radioatividade é desproporcional e irracional, o próprio sol é uma reator termonuclear, e a vida sem ele seria impossível em nosso planeta, o núcleo da terra é rico em ferro líquido graça ao calor dos radioisótopos lá presentes, sem isso o ferro se solidificaria e perderíamos nosso campo magnético, que tanto nos protegem dos raios cósmicos, e novamente a vida como a conhecemos não existiria.
    Radioatividade é como a chuva, natural, e tanto o seu excesso como a sua falta podem causar a morte, e temer-la quando moderada é tão absurdo quanto só comer comida crua por medo de fogo.
    Peço desculpas se pareço indelicado, e boa reflexão a todos.

  5. Mark Baranowski Says:

    OSHA Outreach Training 10hr/30hr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: