Críticas à usina nuclear baiana apenas começaram

by

Paixão Barbosa
02.10.10
Energia Elétrica, Governo, Partidos, Tecnologia, Energia nuclear, George Gurgel, Jaques Wagner, PPS-BA, Usina nuclear na Bahia
Como antecipei, foi negativa a primeira repercussão da notícia dada pelo governdor Jaques Wagner de que assinou o protocolo de intenções para que a Bahia possa abrigar uma usina nuclear. Natural que seja assim, já que os primeiros a comentar o anúncio foram ambientalistas e parlamentares de oposição.
Mas, mostrando que a reação contrária não vai parar aí, o presidente do PPS da Bahia, George Gurgel, criticou o governador Jaques Wagner e o acusou de tomar decisões que não passam pelo crivo da sociedade. Em relação especificamente à usina nuclear, Gurgel observou que ela não pode ser apenas “uma vontade ou intenção do Governo“.
Esgrimindo o trabalho que tem feito, desde os anos 80, em torno da questão energética no Brasil, no Nordeste e na Bahia, o presidente do PPS, afirma que não ver a necessidade, a princípio de uma usina nuclear no Estado, em função do potencial baiano “em termos de biomassa, solar e eólica, como também de gás natural a ser utilizado na nossa matriz energética” .

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: